A IMPORTÂNCIA DAS VELHAS GUARDAS DAS ESCOLAS DE SAMBA

O samba tem várias funções socializadoras, unindo pessoas e agremiações em redes sociais, promovendo a convivência da diversidade, das diferenças, das rivalidades de forma criativa  e lúdica.

A VELHA GUARDA tem importância fundamental para as Escolas e para a preservação da cultura do samba. Seus integrantes têm a missão de transmitir a história das agremiações à nova geração, mantendo vivas as tradições do Carnaval, tornando-se PATRIMÔNIO CULTURAL IMATERIAL.

Além de serem guardiãs das origens e da história das agremiações, levam o Samba além de suas comunidades com os Grupos musicais em suas apresentações nacionais e internacionais.

“Os componentes das VELHA GUARDA, já foram mestres-salas, porta-bandeiras, ritmistas e passistas entre tantas outras participaçoes. Muitos conheceram o samba ainda criança e, desde então, não largaram o ritmo. A idade pode até ser avançada, mas o amor pelo samba e pela escola não deixam o corpo parado ao toque de um pandeiro, um surdo, uma cuíca ou um tamborim.”

Os integrantes das Velhas Guardas representam a história viva da escola. Para o historiador Vinícius Natal, que pesquisa a memória das escolas de samba no Rio de Janeiro, a Velha Guarda está ligada ao respeito que as sociedades africanas possuem aos anciãos.

“O Samba é feito de histórias e é preciso conta-las!”

SALVE A VELHA GUARDA!

MUITO RESPEITO A DONA IRACI GOULART GUARDIÃ DA HISTÓRIA DO GRES CONSULADO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s